• Minhas compras
  • Entrar
  • Lucio Magri
    Lucio Magri autor

    Lucio Magri nasceu em Ferrara, Itália, em 1932. Filiou-se ao Partido Comunista Italiano em 1958 e, em 1969, foi expulso da agremiação junto com o grupo de dissidentes que fundou o jornal Il Manifesto. Em 1974, participou da criação do Partido da Unidade Proletária pelo Comunismo (PdUP), do qual foi secretário e que mais tarde se integraria ao Partido Comunista Italiano (PCI). Quando este último renunciou ao comunismo para se tornar o Partido Democrático da Esquerda (PDE), em 1991, Magri ingressou na Rifondazione Comunista, organização que se mantinha fiel ao marxismo. Em 1995 abandonou a política partidária, permanecendo editor do Il Manifesto. Em 2009 publicou na Itália sua maior obra Il sarto di Ulm: Una possibile storia del PCI. Morreu em 2011, na Suíça, após passar por um período de grande depressão, agravada pela morte da sua companheira, Mara Caltagirone.

triangulo
  • O alfaiate de Ulm uma possível história do Partido Comunista Italiano
    R$ 79,00

    O último livro do intelectual e dirigente comunista Lucio Magri, falecido em novembro de 2011 aos 79 anos, O alfaiate de Ulm reúne quase todos os temas de seus escritos anteriores em um único e poderoso testemunho. Magri (1932-2011) foi um dos mais inteligentes e apaixonados protagonistas da história do comunismo italiano. Uma história que deu origem a uma tradição rica e original, capaz de agregar protagonistas de valor absoluto em nível mundial - Antonio Gramsci, Palmiro Togliatti, Enrico Berlinguer e Pietro Ingrao, para citar somente alguns -, mas que depois, entre 1989 e 1991, inesperadamente pôs fim à própria existência, desistindo daquela que, não sem razão, Perry Anderson defini ...

    Ano de publicação 2014.

  • Margem Esquerda 06 Dossiê: A Ofensiva conservadora
    R$ 33,00

    Na sua sexta edição, a revista Margem Esquerda traz um dossiê sobre conservadorismo e medo na sociedade contemporânea. Do projeto dos neoconservadores norte-americanos ao medo na mídia, nas artes e na cultura, Flávio Aguiar, Otília Arantes, Argemiro Ferreira e Luis Antonio Magalhães analisam a contra-ofensiva reacionária das últimas décadas. Outro destaque desta edição é uma homenagem a Florestan Fernandes, nos dez anos de sua morte, com textos de Sedi Hirano e Miriam Limoeiro Cardoso. Entre os artigos, um inédito de Raymond Williams, João Reis da Silva Jr. analisando a política econômica do governo Lula, e uma extensa pesquisa de Vinicius Dantas sobre ...

    Ano de publicação 2005.

  • Margem Esquerda 12 Dossiê: Resistências populares na cidade neoliberal
    R$ 33,00

    Em lugar das modernas e funcionais cidades prometidas pelo neoliberalismo, as megalópoles do Sul do mundo multiplicam favelas. São o retrato de uma terra arrasada, onde milhões de pessoas vivem em moradias precárias, cercadas por lixo, poluição e ruínas, apartadas do mundo formal. A especulação imobiliária expulsa os pobres das regiões centrais para as periferias, numa segregação urbana que reflete a incessante guerra social de nosso tempo. Na entrevista que concedeu à Margem Esquerda – coordenada pela professora Otilia Fiori Arantes, com a participação de Ermínia Maricato, Mariana Fix e Michael Löwy –, o historiador marxista Mike Davis exp&ot ...

    Ano de publicação 2008.