• Minhas compras
  • Entrar
  • Jorge de Almeida
    Jorge de Almeida autor

    Jorge Mattos Brito de Almeida é Professor MS-3 do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da USP. Tradutor de obras de Theodor Adorno – em especial Notas de literatura e Prismas –, é doutor em Filosofia pela USP com a tese Crítica dialética em Theodor Adorno: música e verdade nos anos 30. Integra a comissão editorial da edição das obras completas de Adorno no Brasil, junto com Vladimir Safatle, Rodrigo Duarte e Ricardo Barbosa. 

triangulo
  • R$ 54,00

    Mais do que atualizar o conceito desenvolvido pelos pensadores da Escola de Frankfurt, o livro A Indústria cultural hoje, publicado pela Boitempo e organizado por Fábio Durão, Antonio Zuin e Alexandre Fernandes Vaz, pretende investigá-lo a partir do efeito do tempo. Trata-se de uma tentativa de mediar o arcabouço original da Teoria Crítica e a realidade atual de forma dialética.Fatores como a difusão acelerada da informação, contribuem, segundo os organizadores do volume, para um efeito ambíguo sobre alguns conceitos. Apesar de terem se tornado mais acessíveis, muitos deles, como 'sociedade do espetáculo' de Guy Debord e 'indústria cultural' tiveram seus sentidos e in ...

    Ano de publicação 2008.

  • Estética da resistência a autonomia da arte no jovem Lukács
    R$ 79,00

    Arlenice Almeida da Silva, professora de estética e filosofia da arte na Unifesp, examina nesta obra os primeiros escritos estéticos de György Lukács. Com base em ensaios, cartas, diários e manuscritos inacabados de Lukács, escritos entre 1908 e 1918, a autora demonstra a atualidade e a relevância da primeira estética do filósofo húngaro, buscando preencher uma lacuna nos estudos sobre essa fase do pensamento lukacsiano no Brasil. A primeira parte do livro aproxima esses escritos do contexto das vanguardas europeias, em especial a húngara e a alemã, detalhando a análise de Lukács sobre o fenômeno da cultura na modernidade. Em diálogo com o romantismo, destaca-se a origin ...

    Ano de publicação 2021.