• Minhas compras
  • Entrar
  • Flávio Aguiar
    Flávio Aguiar autor

    Flávio Aguiar nasceu em Porto Alegre (RS), em 1947, e reside atualmente na Alemanha, onde atua como correspondente para publicações brasileiras. Pesquisador e professor de Literatura Brasileira da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, tem mais de trinta livros de crítica literária, ficção e poesia publicados. Ganhou por três vezes o prêmio Jabuti da Câmara Brasileira do Livro, sendo um deles com o romance Anita (1999), publicado pela Boitempo Editorial. É colunista quinzenal do Blog da Boitempo e da Carta Maior.

  • 2
  • /
  • 2
triangulo
  • Margem Esquerda 07 Dossiê: Dilemas da Esquerda
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A revista Margem Esquerda começa seu quarto ano de vida discutindo os dilemas da esquerda brasileira no último ano do governo Lula e diante de um novo ciclo eleitoral. A questão é analisada sob vários ângulos e posições diferentes, desde aqueles que consideram que o PT se tornou mero gestor do neoliberalismo, como daqueles que defendem um resgate do projeto original do partido, considerando que a atual administração é um “espaço em disputa” e que o PT é ainda a melhor alternativa para acumular forças. De Gilberto Maringoni, classificando a próxima disputa eleitoral como “rumo ao quinto governo Collor”, até uma defesa da vitalidade do partido ...

    Ano de publicação 2006.

  • As utopias de Michael Löwy reflexões sobre um marxista insubordinado
    R$ 49,00

    O marxismo demonstrou ao longo dos anos, e sobretudo no século XX, uma incrível capacidade de expandir-se e de dar conta de territórios que lhe pareciam hostis, como a religião e a psicanálise. A obra de Michael Löwy colaborou para essa expansão com grande inventividade - até mesmo no terreno da economia política, aquele para o qual o marxismo precisa com urgência se voltar.A compreensão da trajetória de Löwy, um dos mais importantes pensadores brasileiros, se torna absolutamente necessária em um momento em que se buscam novas interpretações do marxismo. As utopias de Michael Löwy: reflexões sobre um marxista insubordinado reúne dezessete ensaios que, de múltiplas perspectivas, analisam a militância e a teoria desse intelectual. Nesse exercício, contribuem d ...

    Ano de publicação 2007.

  • Com palmos medida terra, trabalho e conflito na literatura brasileira
    R$ 77,00

    Organizada por Flávio Aguiar para a Editora Fundação Perseu Abramo e Boitempo Editorial, Com palmos medida: terra, trabalho e conflito na literatura brasileira é uma antologia de textos que tem como tema a questão da terra no Brasil e os diversos problemas e fenômenos político-sociais que dela derivam: as sesmarias e latifúndios, a monocultura, a escravidão, o mandonismo local, o coronelismo, a reforma agrária, os sem-terras etc.Paralelamente ao tema central, para subdividir, agrupar e caracterizar os textos coletados, Aguiar utilizou como eixo organizativo a divisão cronológica da nossa historiografia literária, nas chamadas escolas literárias ou estilos de época. Desse modo, ...

    Ano de publicação 1999.

  • A palavra no purgatório literatura e cultura nos anos 70
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A palavra no purgatório: literatura e cultura nos anos 70 é uma compilação de textos do professor e crítico literário Flávio Aguiar, escritos durante seus mais de vinte anos de atuação na área cultural. O livro reúne trabalhos que vão desde seus tempos de estudante, em 1967, passando pelas publicações nos jornais A Última Hora e Movimento, concluindo com um apêndice em que avalia o tratamento dado pela mídia à morte de Tancredo Neves, em 1985. Versando sobre cinema, política oficial para a cultura, dramaturgia, televisão e, sobretudo, literatura, seu propósito é fornecer uma ideia do que um crítico militante pensava e f ...

    Ano de publicação 1997.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A cidade das letras é considerada uma obra de referência para a teoria literária. Escrita por um apaixonado pelo nosso continente, sua cultura e seus povos, neste livro Rama - que está para o Uruguai como Antonio Candido está para o Brasil - analisa o sistema cultural latino-americano entre os séculos XIX e XX, em especial o período de 1870-1900.As referências do autor partem da cultura - sem negar suas pluralidades, interfaces, fronteiras, divisões, tensões e contradições - e incluem temas urbanísticos, sociais e econômicos ao retratar a principal questão sobre a qual discorre o livro: as relações entre os letrados e as estruturas de poder. Por meio desse prisma, R ...

    Ano de publicação 2015.

  • 2
  • /
  • 2