• Minhas compras
  • Entrar
  • István Mészáros
    István Mészáros autor

    István Mészáros (1930-2017) nasceu em Budapeste, na Hungria. Graduou-se em filosofia na Universidade de Budapeste, onde foi assistente de György Lukács no Instituto de Estética. Deixou o país após o levante de outubro de 1956 e exilou-se na Itália, onde trabalhou na Universidade de Turim. Posteriormente, ministrou aulas em diferentes universidades do mundo. É reconhecido como um dos principais intelectuais marxistas contemporâneos e recebeu, entre outras distinções, o Deutscher Memorial Prize, em 1970, por A teoria da alienação em Marx. Pela Boitempo, publicou Para além do capital (2002), O século XXI (2003), O poder da ideologia (2004), A educação para além do capital (2005), O desafio e o fardo do tempo histórico (2007), Filosofia, ideologia e ciência social (2008), A crise estrutural do capital (2009), Estrutura social e formas de consciência, v. I e II (2009 e 2011), Atualidade histórica da ofensiva socialista (2010), A obra de Sartre (2012), O conceito de dialética em Lukács (2013), A montanha que devemos conquistar (2015), A teoria da alienação em Marx (2016), A revolta dos intelectuais na Hungria (2018) e Para além do Leviatã (2021).

  • 2
  • /
  • 2
triangulo
  • A obra de Sartre Busca da liberdade e desafio da história
    R$ 73,00

    Publicado originalmente em 1979, o livro A obra de Sartre: busca da liberdade deveria ter tido um segundo volume intitulado O desafio da história, o qual analisaria a concepção sartriana de história. Devido a outros projetos, entre os quais a obra-prima. Para além do capital, István Mészáros pôde retomar essa análise somente na presente edição, ampliada e atualizada, que a Boitempo disponibiliza ao leitor de língua portuguesa antes mesmo de seu lançamento em inglês. O livro tem o mérito de situar Jean-Paul Sartre em relação ao pensamento do século XX e abordar sua trajetória em todas as suas manifestações - como romancista, dramaturgo, filósofo e militante político.Escritor algum foi alvo de tantos ataques, de origens mais variadas e poderosas, quanto Sart ...

    Ano de publicação 2012.

  • A montanha que devemos conquistar reflexões acerca do Estado
    R$ 45,00

    Em A montanha que devemos conquistar, o filófoso húngaro Istvan Mészáros aborda um tema que tem tradição no pensamento marxista: o Estado. Partindo de Platão e Aristóteles e fazendo de Hobbes e, especialmente, Hegel, seus principais interlocutores, o autor discorre não apenas sobre o Estado e o campo político em disputa, mas também sobre a sociabilidade capitalista numa época em que o sistema tornou-se efetivamente global. 'As crises do capitalismo recolocaram o papel do Estado no centro do debate teórico. Em tempos de reflexões acadêmicas minimalistas e ultraespecíficas, István Mészáros emerge como um pensador fundamental', afirma Ivana Jinkings, diretora editorial da Boitempo, no prefácio. 'Seu trabalho dialoga criticamente com toda a produção relevante do ...

    Ano de publicação 2014.

  • R$ 73,00

    Quando A teoria da alienação em Marx foi publicado pela primeira vez, em 1970, seu autor, o filósofo húngaro István Mészáros, já enfatizava a necessidade de se pensar sobre os efeitos nocivos da globalização capitalista. Passados mais de 35 anos, o livro, agora relançado pela Boitempo em nova tradução, mantém sua atualidade ao mostrar que a crença nesse sistema como solução para nossos problemas socioeconômicos é mais um sinal de seu caráter alienante: 'a verdade incômoda' - argumenta Mészáros - é que a crise estrutural do sistema do capital 'se aprofunda com o passar do tempo, acarretando destrutividade para todo domínio vital'. Esta obra é uma tentativa de transcender esse impasse. Como? Mostrando de que forma o capitalismo interfere em nossa capacidad ...

    Ano de publicação 2016.

  • A revolta dos intelectuais na Hungria Dos debates sobre Lukács e Tibor Déry ao Círculo Petöfi
    R$ 55,00

    Um ano após a morte do filósofo marxista István Mészáros, a Boitempo publica A revolta dos intelectuais na Hungria, primeira obra do autor num exílio que se tornaria definitivo. Publicado originalmente na Itália, em 1958, menos de dois anos após a Revolução Húngara de 1956, esse testemunho de grande valor histórico completa sessenta anos sem perder sua atualidade. Um jovem Mészáros fornece ao leitor uma série de informações e análises em primeira mão sobre as atividades dos intelectuais e das instituições e a grande 'reviravolta' que levaria à involução e à supressão de todas as liberdades dem ...

    Ano de publicação 2018.

  • Para além do Leviatã Crítica do Estado
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Ao falecer, em 2017, o filósofo húngaro István Mészáros deixou inacabada a “obra de sua vida”: uma crítica radical do Estado. O ambicioso projeto, pensado inicialmente para uma publicação em três volumes, teve apenas o primeiro parcialmente concluído e sua primeira edição mundial sairá em português, pela Boitempo, conforme desejo expresso pelo autor em vida. Assim, neste Para além do Leviatã, organizado pelo sociólogo estadunidense John Bellamy Foster, Mészáros apresenta a sua teoria do Estado de inspiração marxiana, insistindo na necessidade do “fenecimento do Estado” como condição de sobrevivê ...

    Ano de publicação 2021.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Contém: 01 exemplar de Para além do Leviatã 01 exemplar de Para além do capital 01 livreto com entrevista com István Mészáros 01 cartão 01 marcador   Para além do Leviatã Na obra, o filósofo húngaro apresenta a sua teoria do Estado de inspiração marxiana, insistindo na necessidade do “fenecimento do Estado” como condição de sobrevivência da humanidade. Por essa razão, a humanidade não tem escolha, a não ser buscar a crítica do Estado, visando à prática revolucionária de ir além do Leviatã.   Para além do capital Obra de maior envergadu ...

    Ano de publicação 2021.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    O poder da ideologia é uma obra prima por conta própria, um presente esplêndido para os leitores, que encontram nele um manancial de informações, uma boa dose de antídoto e, acima de tudo, um vigor para resistir ao ambiente hostil da atualidade.' -Daniel Singer (Monthly Review)A Boitempo traz uma nova edição do clássico da teoria social contemporânea O poder da ideologia, de István Mészáros, um dos principais pensadores marxistas da atualidade. Com edição cuidadosa, revista e ampliada a partir da edição da editora Ensaio, de 1996, o volume traz uma introdução inédita, traduzida por Paulo Cesar Castanheira, onde Mészáros discut ...

    Ano de publicação 2004.

  • Margem Esquerda 07 Dossiê: Dilemas da Esquerda
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A revista Margem Esquerda começa seu quarto ano de vida discutindo os dilemas da esquerda brasileira no último ano do governo Lula e diante de um novo ciclo eleitoral. A questão é analisada sob vários ângulos e posições diferentes, desde aqueles que consideram que o PT se tornou mero gestor do neoliberalismo, como daqueles que defendem um resgate do projeto original do partido, considerando que a atual administração é um “espaço em disputa” e que o PT é ainda a melhor alternativa para acumular forças. De Gilberto Maringoni, classificando a próxima disputa eleitoral como “rumo ao quinto governo Collor”, até uma defesa da vitalidade do partido ...

    Ano de publicação 2006.

  • Estrutura social e formas de consciência a determinação social do método
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Considerado um dos mais destacados pensadores marxistas da atualidade, o filósofo húngaro István Mészáros apresenta, em sua nova obra, uma análise do 'poder coercitivo' que as determinações sociais exercem sobre o método científico das diferentes teorias do conhecimento, no período histórico de regência do capital.A partir de uma minuciosa investigação, Mészáros combate o mito da ciência enquanto empreendimento puramente teórico e neutro, desvinculado de qualquer relação com os interesses de classes, e mostra os limites impostos pelo modo de reprodução social à formulação teórica. M&eacut ...

    Ano de publicação 2009.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    O conciso ensaio que dá título a este livro do filósofo húngaro István Mészáros - redigido originalmente entre 1967 e 1968 - é considerado pelo especialista e professor da UFRJ José Paulo Netto 'um dos melhores e mais criativos estudos já publicados sobre a concepção de dialética que se articula e se desenvolve no conjunto da obra de György Lukács'.Com a intenção de facilitar o estudo da obra multiforme e altamente complexa de Lukács, Mészáros instaura uma matriz interpretativa para o trato do pensamento do filósofo conterrâneo e analisa criticamente seu legado. A perspectiva de Mészáros é privilegiada, ...

    Ano de publicação 2013.

  • 2
  • /
  • 2